Dia Internacional dos Povos Indígenas: Nova tecnologia dá voz a tribos remotas

"'Poderemos comunicar com pessoas que moram longe.' Mariazinha Yanomami, ao gravar sua primeira mensagem para ‘Voz Indígena’"
"'Poderemos comunicar com pessoas que moram longe.' Mariazinha Yanomami, ao gravar sua primeira mensagem para ‘Voz Indígena’"

© Survival International, 2015

Em antecipação ao Dia Internacional dos Povos Indígenas, promovido pela Organização das Nações Unidas no próximo domingo, 9 de agosto, a Survival International, o movimento global pelos direitos dos povos indígenas, lançou um projeto único para levar novas tecnologias de comunicação para algumas das comunidades indígenas mais remotas do mundo.

Com o inovador projeto "Voz Indígena" comunidades indígenas sem acesso a internet podem enviar mensagens de vídeos contando sobre suas vidas e as ameaças à sua sobrevivência em tempo real para uma audiência global.

O projeto já foi adotado pelos povos Guarani e Yanomami, que gravaram suas primeiras mensagens.

Mariazinha, da comunidade Yanomami de Rokoari, disse em seu primeiro vídeo para “Voz Indígena”: “Hoje chegou o aparelho de comunicação e estou muito contente … Se vemos garimpeiros na nossa terra, ou se alguem vem nos matar, vou espalhar a notícia para todos … Poderemos comunicar com pessoas que moram longe.”

Os Yanomami são a maior tribo relativamente isolada na América do Sul. Suas terras e vidas estão sendo ameaçadas por garimpeiros ilegais que poluem seus rios e levam doenças às quais a tribo tem desenvolvido pouca imunidade.

"Os Guarani são uma das primeiras tribos engajadas no projeto ‘Voz Indígena’, e já enviaram mensagens importantes para o mundo."
"Os Guarani são uma das primeiras tribos engajadas no projeto ‘Voz Indígena’, e já enviaram mensagens importantes para o mundo."

© Survival International, 2015

“Sempre estamos dizendo que precisamos comunicar com pessoas no Brasil e ao redor do mundo. Este projeto e exatamente o que estávamos aguardando”, relatou um líder Guarani para a Survival.

Os Guarani perderam a maior parte de suas terras no sudoeste do Brasil para fazendas de gado e plantações de cana-de-açúcar. Seus líderes são perseguidos e assassinados, e suas comunidades atacadas por pistoleiros contratados pelos fazendeiros. Recentemente, uma comunidade Guarani foi incendiada por pistoleiros, logo após a tribo retomar parte das suas terras ancestrais.

“Voz Indígena” tem como objetivo dar voz aos povos indígenas para que eles possam lutar contra governos e empresas multinacionais que tentam silenciá-los. O projeto visa, ainda, difundir as opiniões que eles têm sobre o ambiente em que vivem, seus costumes e pretensões para o futuro.

"Os Yanomami receberam treinamento para enviar suas mensagens para uma audiência global."
"Os Yanomami receberam treinamento para enviar suas mensagens para uma audiência global."

© Survival International, 2015

Stephen Corry, Diretor da Survival International, declarou hoje: “Os povos indígenas são como nós. Eles também estão preocupados com a qualidade de vida e com o futuro dos seus filhos. Sua compreensão do mundo é tão astuta quanto a de qualquer um, e eles têm muito a dizer sobre quase todos os aspectos da vida de hoje. É por isso que nós estamos fornecendo essa tecnologia para que os povos indígenas possam falar com o mundo em tempo real.”

Nota:

- Assista ao vídeo da Mariazinha Yanomami e visite tribal-voice.org para mais vídeos e informação sobre o projeto.