'Primeiro contato: Tribo perdida da Amazônia' – Survival responde ao novo documentário

Um homem Sapanawa recém-contatado. Imagem do documentário.
Um homem Sapanawa recém-contatado. Imagem do documentário.

© Channel Four/ Ronachan Films

Um documentário transmitido no Reino Unido esta semana, intitulado “Primeiro contato: Tribo Perdida da Amazônia”, examinou a situação de um grupo de índios brasileiros previamente isolados, conhecidos como os Sapanawa, que fizeram contato em 2014.

Conforme um dos membros do grupo explicou, eles estavam fugindo de uma série de massacres em que muitos membros de suas famílias haviam sido assassinados. Os culpados permanecem não identificados.

Madeireiros ilegais e traficantes de drogas atuam com impunidade na região por décadas, especialmente do lado peruano da fronteira. As autoridades fracassaram em proteger dos invasores os diversos povos indígenas que vivem nessa região, e essa é a principal razão por que alguns desses índios previamente isolados agora estão entrando em contato com estranhos.

Stephen Corry, Diretor da Survival International, declarou hoje: “Ficamos felizes que esse programa tenha destacado as violências e atrocidades que ainda estão sendo cometidas contra tribos isoladas, mas boa parte do programa foi bastante consternadora.

“Descrever tribos isoladas como ‘pessoas que foram esquecidas pelo tempo’ e que ‘nos mostram o que fomos antes’ é uma tolice perigosa. Implica que essas pessoas sejam menos ‘evoluídas’ do que ‘nós’ e é justamente o tipo de preconceito utilizado por aqueles que querem roubar as suas terras e recursos.

“Os realizadores do filme também descreveram os índios isolados como vivendo em um ‘estado quase constante de terror’. Isso se afasta muito do julgamento da maior parte das pessoas que viveram com comunidades indígenas e está longe da maneira como as próprias tribos previamente isoladas se referem a suas vidas na floresta. Um homem Awá do nordeste da Amazônia brasileira, por exemplo, afirmou: “Quando eu vivia na floresta, eu tinha uma vida boa. Agora, se encontrar um isolado… eu direi: ‘Não saia… não há nada no lado de fora para vocês.’

“Na esmagadora maioria das vezes, são a invasão das terras de tribos isoladas, ataques físicos e epidemias perigosas que estão fazendo com que eles vivam na fuga. E só quando essas ameaças forem afastadas, pela implementação adequada da lei, é que as suas vidas e futuros poderão ser protegidos."

Índios isoladas são os povos mais vulneráveis do planeta. A campanha global da Survival está pressionando os governos para proteger as suas terras como único meio de evitar o seu genocídio.