Estudo revela maior taxa de desmatamento do mundo na terra de uma tribo isolada 21 janeiro 2014

"Empresas de pecuária querem desmatar a floresta dos Ayoreo isolados"
"Empresas de pecuária querem desmatar a floresta dos Ayoreo isolados"
© GAT / Survival

Um novo estudo científico revelou que a floresta do Chaco no Paraguai – o derradeiro refúgio da tribo isolada Ayoreo – está sendo devastada pela maior taxa de desmatamento do mundo.

O estudo feito pela Universidade de Maryland constatou que ‘a floresta do Chaco no Paraguai (…) enfrenta um rápido desmatamento para o desenvolvimento de fazendas de gado. O resultado é a maior taxa de desmatamento do mundo.’

Estas imagens dramáticas feitas por satélite mostram a assombrosa extensão da destruição florestal no Chaco entre os anos 1990 e 2013 – e também mostram que a área reivindicada pela tribo Ayoreo é um dos últimos resquícios que restam da floresta.

Como muitos povos indígenas ao redor do mundo, os índios dependem da floresta para sua sobrevivência e eles estão protegendo-a há milhares de anos.

O Ministério do Meio Ambiente do Paraguai causou recente indignação ao conceder licenças às empresas brasileiras de pecuária Yaguarete Pora S.A. e Carlos Casado S.A. (uma subsidiária da empresa de construção espanhola Grupo San José) para desmatarem a floresta dos Ayoreo, ainda que a área esteja localizada dentro de uma reserva de biosfera da UNESCO.

Os isolados Ayoreo são forçados a viver em fuga das escavadeiras que estão constantemente derrubando sua floresta. Qualquer contato com os pecuaristas poderia matar os índios, pois eles não têm imunidade a doenças trazidas por estranhos.

Em um apelo urgente ao Relator Especial da ONU para os povos indígenas, a organização Ayoreo OPIT disse: ’(Para os Ayoreo e seus parentes isolados), proteger a floresta e seus territórios constitui a própria vida.

‘Os projetos pecuaristas das empresas Yaguarete e Carlos Casado na terra ancestral dos Ayoreo-Totobiegosode destruiriam e devastariam sua floresta com todos os seus recursos naturais.’

Stephen Corry, diretor da Survival International, disse hoje, ‘Por quanto tempo mais o Paraguai irá ostentar duas reservas de biosfera da UNESCO? Com a maior taxa mundial de desmatamento, o Chaco não vai durar para sempre: com ele, a única tribo isolada do país também será destruída. O governo deve impedir que os pecuaristas brasileiros destruam a herança de seu povo, antes que seja tarde demais para o Chaco e para os Ayoreo.’

 

Compartilhe este conteúdo

 

Cadastre-se

Receba um email mensal com notícias sobre povos indígenas:

Registre-se para receber nosso feed de notícias:

 

ou acompanhe-nos pela rede:

Arquivo de notícias