Desenvolvimento forçado

Forçar o “desenvolvimento” ou o “progresso” aos povos indígenas não os torna mais saudáveis ou felizes. Na verdade, os efeitos são desastrosos. O fator mais importante para o bem-estar dos povos indígenas é, de longe, ter seus direitos territoriais respeitados.

Peça à ONU que reconheça que o progresso pode matar