Operação combate garimpeiros ilegais na floresta dos Yanomami

Xamã Yanomami, Davi Kopenawa. O garimpo ilegal está ameaçando a vida dos Yanomami.

Xamã Yanomami, Davi Kopenawa. O garimpo ilegal está ameaçando a vida dos Yanomami.

© Fiona Watson/Survival

As autoridades brasileiras lançaram uma operação para combater o garimpo ilegal na terra da tribo Yanomami.

‘Operação Korekore’ deve durar 30 dias e tem como objetivo prender cerca de 200 garimpeiros ilegais que estão operando em uma parte do território da tribo.

O esquadrão terreno da operação já teria destruído pelo menos 20 balsas dos garimpeiros e uma pista clandestina de pouso de aviões.

Os Yanomami vivem na floresta amazônica no norte do Brasil e no sul da Venezuela. Eles dependem da sua floresta para comida e abrigo e expressaram sua indignação com a invasão dos garimpeiros.

Mas apesar dos apelos dos Yanomami, muitos garimpeiros continuam a operar em suas terras, destruindo a floresta e poluindo os rios com mercúrio. Os Yanomami isolados são particularmente vulneráveis às doenças transmitidas pelos garimpeiros.

No mês passado, os Yanomami protestaram sobre a falta de medicamentos e atendimento à saúde, obrigando o Ministério da Saúde a substituir o funcionário encarregado da assistência à saúde indígena no estado de Roraima.

O garimpo ilegal está destruindo a floresta dos índios, e poluindo seus rios com mercúrio.

O garimpo ilegal está destruindo a floresta dos índios, e poluindo seus rios com mercúrio.

© Colin Jones/Survival

Durante décadas, os Yanomami têm sido expostos a violência nas mãos de garimpeiros ilegais. 2013 marcou o vigésimo aniversário de um massacre horrível em que dezesseis Yanomami foram mortos.

No ano passado, vários grupos de garimpeiros foram retirados da terra Yanomami, mas centenas mais permanecem, colocando a vida dos índios em risco.

Um projeto de lei atualmente em debate poderia permitir a mineração em grande escala em terras indígenas e trazer mais destruição. Há mais de 650 pedidos de empresas de mineração de minar no território Yanomami.

O xamã Yanomami Davi Kopenawa disse: ‘Isso não vai trazer nada de bom para os índios. Só vai trazer muitos problemas, muitas doenças, e muita gente ruim que mata índios.’

A Survival desempenhou um papel fundamental na campanha pela demarcação da terra dos Yanomami em 1992, e agora está instando ao Brasil para remover todos os garimpeiros ilegais de uma vez por todas, e para acabar com o projeto de lei de mineração.