Xamã Yanomami publica livro único, ‘A Queda do Céu’

‘A Queda do Céu’ é um conto único em primeira pessoa, do xamã Davi Kopenawa

‘A Queda do Céu’ é um conto único em primeira pessoa, do xamã Davi Kopenawa

© Companhia das Letras

No primeiro livro já escrito por um índio Yanomami, Davi Kopenawa – xamã e porta-voz do seu povo – descreve a rica cultura, história e modos de vida dos Yanomami da floresta amazônica. 

‘A Queda do Céu: Palavras de um Xamã Yanomami’ é um relato único da história de vida de Davi Kopenawa, que lidera a Hutukara Associação Yanomami e que continua a defender os direitos de sua tribo ao redor do mundo.

Em seu livro, Davi relata a sua iniciação como xamã e os seus primeiros encontros com forasteiros – incluindo os garimpeiros que invadiram as terras Yanomami durante os anos 80 e causaram a morte de 1 em cada 5 Yanomami através de doenças e violência. Ele vividamente descreve as suas impressões da cultura ocidental em viagens ao estrangeiro, como em sua primeira viagem fora do Brasil, quando ele visitou a Europa em convite da Survival International.

‘A Queda do Céu’ é um pedido apaixonado pelo respeito aos direitos de seu povo e pela preservação da Amazônia.

O Davi lançará o livro em língua portuguesa dia 1 de setembro de 2015, e está disponível também em francês e inglês.

Assista Davi falando sobre ‘A Queda do Céu’:



Davi disse, ‘Esse livro é uma mensagem… para os brancos. Nós queremos ensinar os sonhos do nosso xamanismo… Eu espero que este livro vai valer para ensinar a cabeça dos brancos, para eles pensarem na nossa história’.

‘A Queda do Céu’ também desafia as percepções de que os Yanomami seriam ‘ferozes’ e violentos, como defendido pelo altamente controverso antropólogo Napoleon Chagnon.

O livro do Davi Kopenawa é um pedido apaixonado pelo respeito aos direitos de seu povo e pela preservação da Amazônia.

O livro do Davi Kopenawa é um pedido apaixonado pelo respeito aos direitos de seu povo e pela preservação da Amazônia.

© Fiona Watson/Survival

O livro foi escrito com a colaboração do antropólogo francês Bruce Albert, Diretor de Pesquisa no Instituto de Pesquisa pelo Desenvolvimento (em francês Institut de Recherche pour le développment (IRD)) e Vice-Presidente da Survival França. Ele tem trabalhado com os Yanomami do Brasil desde 1975.

Notas aos editores:

- ‘A Queda do Céu’ foi originalmente publicado em francês pela PLON. A tradução em inglês é publicada pela Harvard University Press e a tradução em português é publicada pela Companhia das Letras.

- A Survival tem apoiado os Yanomami por décadas e liderou a campanha internacional pela demarcação do território Yanomami, junto com a ONG brasileira Comissão Pró-Yanomami. O ‘Parque Yanomami’ foi criado em 1992, porém o território Yanomami continua a ser invadido por garimpeiros ilegais.